ABRACE completa 49 anos e prepara festa de “Bodas de Ouro” para crônica esportiva

A Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (ABRACE) completa neste sábado, sete de janeiro, exatos 49 anos. Criada em 1974, a ABRACE teve em Mauro Pinheiro, então badalado comentarista esportivo da Rádio Bandeirantes de São Paulo (AM 840), seu primeiro presidente.

Das várias Entidades de cronistas esportivos existentes no Brasil, a ABRACE é a de maior relevância, sendo a única reconhecida internacionalmente, inclusive no credenciamento para eventos esportivos fora do Brasil.

Eleita no final de 2021 para quatro anos de mandato, a atual diretoria da ABRACE vem reestruturando a Entidade, ampliando a representação em vários Estados, buscando estabelecer o reconhecimento e valorização do cronista esportivo, bem como contestando restrições e opressões de algumas Federações e até mesmo da CBF.

Entre as medidas adotadas pela atual diretoria está o congelamento do valor anual da credencial em R$ 150,00, fator importante para beneficiar o cronista esportivo.

O cronista de todo o Brasil poderá solicitar seu credenciamento diretamente à ABRACE pelo e-mail: abraceesportes@gmail.com ou pelo wathsapp (61) 99626-9798.

FESTA PARA AS BODAS DE OURO EM 2024
Para 2024, a ABRACE começa a preparar suas “Bodas de Ouro”, prometendo um grande evento envolvendo toda a imprensa esportiva do Brasil.

“Para um presente e um futuro sombrios e positivos, fundamental é respeitar o passado e valorizar a sua história. No próximo ano, queremos fazer um grande evento, talvez até em nosso Congresso anual, homenageando todos os fundadores da ABRACE e todos os ex-presidentes”, promete Artur Eugênio Mathias, atual presidente da Entidade.

CONFIRA A PRIMEIRA DIRETORIA DA ABRACE, ELEITA EM 1974
A fundação oficial da ABRACE aconteceu no Ginásio de Esportes do Corinthians, em São Paulo, com a presença de cronistas esportivos de todo o Brasil e, depois de vários nomes sugeridos, prevaleceu a sugestão do capixaba José Antônio Nunes Couto: ABRACE.

No ato da fundação, o Ministro da Educação e Cultura à época, Jarbas Passarinho, reconhecendo a importância da criação de uma Entidade de Cronistas Esportivos no Brasil, mandou o secretário geral do MEC, Luís Murgel para representá-lo.

Além do paulista Mauro Pinheiro como presidente, a primeira diretoria da ABRACE foi formada pelos seguintes cronistas esportivos:

Ricardo Serran (RJ)

Canor Simões Coelho (MG)

Jorge Mendes (RS)

Laerson de Almeida (PB)

Aroldo Chiorino (SP)

Flávio Iazetti (SP)

Álvaro Paes Leme (SP)

Flávio Adauto (SP)

Fonte: Futebol Interior

Veja Também