Cuiabá, União e Operário terão aporte financeiro do Governo do Estado em 2023

Cuiabá, União e Operário terão aporte financeiro do Governo do Estado em 2023

Está em vigor o Programa que visa o patrocínio das equipes de futebol profissional mato-grossense que disputam as séries A e B do Campeonato Brasileiro. Publicada em edição extra do Diário Oficial, a lei 11.550/2021 institui o Programa Mato Grosso Série A, que terá a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) como responsável pelo planejamento e execução de suas atividades.

O Programa Mato Grosso Série A contempla medidas de apoio às equipes profissionais mato-grossenses que disputam as duas primeiras divisões do Campeonato Brasileiro, que são organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Atualmente, o Cuiabá Esporte Clube é o representante de Mato Grosso na série A. Já nas séries B e C não há times mato-grossenses nas competições do próximo ano. Neste caso, o Programa assegura o benefício às equipes de futebol profissional do Estado que disputem as séries subsequentes do campeonato brasileiro realizado pela CBF. Portanto, serão os times do União Esporte Clube e Operário que vão disputar a séria D.

Para determinar o valor dos incentivos financeiros para cada divisão do campeonato, a Secel segue as previsões orçamentárias anuais. Com a publicação da lei, a Secretaria fica autorizada a firmar contrato de patrocínio com as pessoas jurídicas representantes das equipes profissionais que estejam disputando as séries A e D do Campeonato Brasileiro, organizado pela CBF, nos valores de R$ 3,5 milhões e de R$ 1 milhão, respectivamente.

Veja Também