Lissandra Campos é atração entre os atletas mato-grossenses no Troféu Brasil

Lissandra Campos é atração entre os atletas mato-grossenses no Troféu Brasil

Líder do Ranking Brasileiro no salto em distância de 2023 e recordista sul-americana da prova na categoria Sub-23, Lissandra Maysa Campos (Instituto Vicente Lenílson-MT) é a grande atração entre os mais de 40 atletas que representarão oito clubes de Mato Grosso no Troféu Brasil Interclubes de Atletismo, entre 6 e 9 de julho, no Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso, em Cuiabá.O evento terá entrada franca para o público que for ao estádio. O Troféu Brasil também será transmitido ao vivo pela TV Atletismo Brasil, canal do YouTube da CBAt.Lissandra, de 21 anos, conseguiu o seu melhor resultado pessoal ao vencer o Troféu Adhemar Ferreira da Silva, no dia 7 de maio, em Bragança Paulista, com 6,69 m (-1.4). O resultado deu muito mais confiança para a atleta, nascida em Cuiabá, que ganhou a medalha de prata no ano passado do Troféu Brasil, no Rio de Janeiro. O ouro ficou com Letícia Oro Melo (Corville-SC), que depois conquistaria a medalha de bronze no Mundial do Oregon, nos Estados Unidos, e também está confirmada na competição.“Estou bem animada com o Troféu Brasil em casa. Este ano estou bem focada e busco os meus melhores resultados. Pódio é consequência do desempenho na prova. Meus objetivos para essa temporada é me superar a cada dia e a cada competição. Quero buscar grandes saltos”, comentou Lissandra.Lissandra treina no 9º Batalhão de Engenharia da Construção, do Exército, em Cuiabá. Finalista dos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires, em 2018, ela pensa em representar o Brasil na Olimpíada de Paris-2024.Nascida no dia 6 de fevereiro de 2002, e treinada por Maria Aparecida Souza Lima, ex-recordista brasileira do salto em distância e do salto triplo, que representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Atlanta-1996.Lissandra tem o apoio de Cida, que está confiante num bom desempenho da atleta.“A Lissandra está bem, graças a Deus, e vai entrar nessa prova como em todas as outras que ela entrou este ano, para saltar longe e ganhar dela mesma. Quando superamos a nós mesmos em uma competição de tamanha grandiosidade como é o Troféu Brasil, a cor da medalha é só um detalhe”, comentou Cida.A Confederação Brasileira de Atletismo recebeu a inscrição de 43 atletas de oito clubes do estado: Associação Atlética Banco do Brasil, Associação de Corredores de Rua de Lucas do Rio Verde, Associação de Moradores do Bairro Jerusalém, Associação de Pais e Amigos do Desporto de Araputanga, Associação Sorrisense de Atletismo, Barra do Garças Associação de Atletismo, IVL Atletismo e Instituto Águias.

Veja Também