Público desaparece nas quartas; Mixto teve média superior a 2 mil em jogos na capital

Público desaparece nas quartas; Mixto teve média superior a 2 mil em jogos na capital

Por se tratar de decisão, o esperado é uma melhora do público no estádio. Porém, nas quartas de final do Campeonato Mato-grossense nenhuma das quatro partidas teve público superior a 1 mil torcedores. Nos dois jogos na capital, o maior público registrado foi de 501 pessoas.

O Mixto, por sua vez, atuou seis vezes na capital mato-grossense – quatro como mandante e duas como visitante – e levou no total 12.683 torcedores, uma média de 2.114 pessoas por partida. O maior público do Mato-grossense até agora foi em uma partida que tinha o Alvinegro envolvido. No jogo de estreia da competição, Cuiabá e Mixto levaram 7.518 torcedores à Arena Pantanal.

Dos jogos das quartas de final, o que mais se aproximou de 1 mil torcedores foi Luverdense e Dom Bosco, no estádio Passo das Emas. De acordo com o borderô, 965 pessoas assistiram ao jogo no estádio. O menor público foi registrado neste mesmo confronto, mas na volta em Cuiabá: 382 testemunhas.

Confira os públicos nos confrontos das quartas de final:

Luverdense x Dom Bosco (Passo das Emas) – 965 pessoas
Operário x Academia (Dutrinha) – 501 pessoas
Academia x Operário (Luthero Lopes) – 424 pessoas
Dom Bosco x Luverdense (Dutrinha) – 382 pessoas
Confira os públicos do Mixto em jogos na capital:

Cuiabá x Mixto (Arena Pantanal) – 7.518 pessoas
Mixto x Operário (Dutrinha) – 1.714 pessoas
Mixto x Cacerense (Dutrinha) – 819 pessoas
Mixto x Nova Mutum (Arena Pantanal) – 646 pessoas
Mixto x Sport Sinop (Arena Pantanal) – 809 pessoas
Dom Bosco x Mixto (Dutrinha) – 1.177 pessoas

Veja Também