Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) ignora denúncia da equipe do Nova Mutum

Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) ignora denúncia da equipe do Nova Mutum

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) ignorou a denúncia protocolada pelo Nova Mutum e não julgou a suposta irregularidade antes da Segunda Fase do Campeonato Mato-grossense começar.

Com isso, dificilmente, caso seja acatado pedido de paralisação- haverá punição ao União Esporte Clube.

No último dia 9 (quinta-feira) o procurador Lucas Dias de Campos, notificou o União para manifestasse em três dias.

O prazo venceu ontem (14) e o Tribunal não se pronunciou. Segundo o secretário do TJD, José de Almeida, a denúncia voltou para o procurador e ‘não há data para o tribunal se manifestar’.

De acordo com O Nova Mutum, o União teria escalado de forma irregular o atleta Pedro Henrique da Silva Rodrigues- o GTA, em 9 jogos do Campeonato Mato-grossense 2023.

Quando defendia o Sorriso, GTA foi apenado com suspensão de 6 partidas e não as cumpriu quando foi contratado pelo clube de Rondonópolis. Daí a motivação da denúncia. O União alega que tem um ‘salvo conduto’ do Tribunal, que chegou a redigir uma lista que ignora a punição ao atleta, e responsabiliza o TJD pelo ‘erro material’ que o induziu ao erro.

Veja Também